terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Boas Festas!

Quero desejar a todos um Feliz 2011 repleto de realizações, saúde, paz e tranquilidade!!!

Obrigado aos meus leitores por mais um ano juntos no blog!

Daniel Lima

6 comentários:

Lidyane disse...

OlÁ Daniel tudo bem? Sou de brasilia e tenho uma poodle toy de 1 ano e 8 meses. Ela teve cio em novembro, e em dezembro achei um pequeno nodulo em uma das mamas do lado direito, fiquei muito preocupada, levei ao Vet e ela me aconselhou fazer em 1 caso a biopsia, mas estou com muito medo, queria uma segunda opiniao.Por favor me ajude!
Att. Lidy

Daniel Lima disse...

Oi Lidyane, boa tarde, se a veterinária que examinou acha que pode ser um tumor, o correto é mesmo fazer a retirada cirúrgica e análise, porém acho ela muito nova para ter tumor em mamas.
Mas na dúvida é melhor fazer do que esperar - anestesia de cães novos normalmente é bem tranquila.
Mande notícias.
Daniel Lima

janeleao disse...

Boa tarde, Dr. Daniel.

O cachorrinho da minha irmã, um poodle toy de 7 anos, foi diagnosticado com insuficiência renal. Está sendo ministrado a ele de 12 em 12 horas o ketosteril, e um remédio homeopático com a seguinte composição : cantaris, parreira brava, breberis e uva ursi - CH6, 8 gostas, 1 vez ao dia. Achou-se por bem informar o que está sendo ministrado, a fim de auxiliá-lo em sua análise do caso. Outra informação relevante é que foi também diagosticado que ele está com necessidade de tratamento contra tártaro, que para ser feito aguarda a sua melhora. Não se sabe se há correlação com o quadro, mas ele se apresenta com os olhinhos lacrimejando um pouco, ficando com os cantos internos constantemente um pouco sujos da secreção. O objetivo deste e-mail, e o que está causando grande preocupação, é o fato de que o cachorrinho não come, está emagrecendo cada dia mais, está apático,triste, mas está com muita fome, ficando a procura do que comer pelo chão, o que ainda é um bom sinal, não é verdade? Ele não come porque não aceita a alimentação Renal, mas se for dado da elel outra coisa ele come com muita vontade. Está sendo dado a ele a ração Renal - Royal canin, e também a pastinha Renal, do mesmo fabricante. Já vimos em seu site, no link de “perguntas mais freqüentes”, coisas que se pode oferecer. Optou-se por fazer o arroz integral com legumes e filé de peixe, mas pelo que se observa, tem grande chance de que ele não coma se não for temperado. Gostaríamos de saber se haveria algum tipo de tempero apropriado para se preparar a alimentação do cachorro com este diagnóstico, pois se observou em pesquisa na internet que o sal light tem potássio, e sendo assim, pelo menos para humanos com insuficiência renal, este tempero também não pode ser usado. Além disto, com o fato da minha irmã ser farmacêutica com especialização em homeopatia e proprietária de farmácia homeopática, ela gostaria de saber o que se poderia fazer nesta linha de tratamento, considerando-se as muitas possibilidades naturais disponíveis, e que podem ser também adequadas em conjunto com o medicamento alopático. Em suma, ela gostaria também de saber informações tanto quanto a medicamentos quanto à outras alternativas de alimentação, além da importante dúvida quanto ao tempero para o preparo. Há também uma dúvida quanto ao porquê de não se poder oferecer angu.

Desde já lhes agradecemos, e aguardamos seu retorno.

Jane

Daniel Lima disse...

Oi Jane, o que ele não pode é ficar sem comer, eu recomendo a alimentação caseira que vc citou e normalmente eles comem; temperos, apenas um pouco de alho e azeite de oliva; mtas vezes troco o peixe pelo frango, mas converse com seu veterinário antes; angu não recomendo tb.
Qto à homeopatia, não posso ajudar, pois sou alopata e não tenho mtos conhecimentos na área.
Anestesia para paciente insuficiente renal é bem delicada, portanto não recomendo limpeza dos dentes por enquanto.
Vamos nos falando.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Olá Doutor Daniel!!!
Meu cachorro pequinês morreu recentemente. Tudo começou quando ele passou um tempo no canil e voltou com tosse e dificuldade para respirar. Levamos no veterinário da cidade onde estávamos passando férias e ele disse que se tratava de gripe dos canis. Ele foi medicado e tomou soro dois dias seguidos. Teve uma leve melhorar. Levamos ele então para um veterinário da nossa cidade. Ele fez exames e disse que o cachorro estava com insuficiência renal (elevadas doses de creatinina e ureía no sangue). Novamente ele passou pelo soro, mas no segundo dia, de noite, começou a ter uma grande dificuldade para respirar. Ligamos para o veterinário de noite para falar que o cão estava morrendo, mas ele não se ofereceu para atende-lo. Então conseguimos outro veterinário. Quando chegamos lá, ele disse que o cachorro estava morrendo e, provavelmente, a causa teria sido excesso de soro (erro do veterinário). Isso seria possível? Estamos arrasados.

Daniel Lima disse...

Em relação ao cão Pequinês, eu sinto muito por ele.
Na insuf. renal recomendamos uma boa quantidade de fluidoterapia (soro), pois é a única chance de revertermos o quadro fazendo com que os rins voltem a trabalhar um pouco melhor tirando o bicho da crise, que dificilmente causaria um edema pulmonar ao ponto de levá-lo à óbito, portanto não concordo com a postura do último veterinário.
Ok?
Abs,
Daniel Lima