quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Artrose em cães: um mal inevitável, mas prevenível!

Se para nós não é fácil ficar velho, para os cães é a mesma coisa. Os problemas de saúde vão aparecendo, como é o caso das artroses (degeneração e desgaste das articulações) que atingem principalmente os cães de grande porte.

As articulações, no geral, são formadas por extremidades ósseas forradas por cartilagem articular, fechadas por uma cápsula articular, e contém um líquido chamado de líquido sinovial. Elas são sustentadas por ligamentos. Com o avançar da idade as articulações vão se desgastando (deformidade nas extremidades ósseas, perda da cartilagem, e diminuição do líquido sinovial), deixando o animal com dor ao se levantar, locomover e deitar. Sem a articulação estável o impacto entre os ossos é muito dolorido.

Os cães de grande porte são os que mais sofrem por terem que sustentar um peso maior nessas articulações, principalmente na do quadril (coxo-femoral) que pode ‘descadeirar’ esses animais, podendo não ter volta. Já nos cães de pequeno porte o desgaste normalmente é menor, fazendo-os sofrer um pouco menos com isso tudo.

As articulações mais acometidas são: ombro, cotovelo, quadril e joelho, sem falar nas articulações intervertebrais que podem ser acometidas por osteofitos, que são os famosos ‘bicos de papagaio’. E os principais sintomas são: dificuldade e/ou dor ao se levantar e deitar, ao se locomover e subir escadas, claudicação (manqueira) e tremores musculares, os quais podem levar o animal a ficar mais ofegante, com perda de apetite, e com atrofia muscular em longo prazo.

O diagnóstico é firmado com base no exame clínico, anamnese (histórico do animal) e radiografias. Já o tratamento é feito com antiinflamatórios, analgésicos e regeneradores articular, podendo ter o auxílio da acupuntura e fisioterapia.

A prevenção tem grande importância nesses casos, pois pode retardar os processos degenerativos: evitar obesidade, piso liso e escorregadio principalmente para cães grandes e gigantes, manter sempre alimentação correta e buscar orientações de um Veterinário principalmente quando seu cão atingir uma idade superior a 7 anos em média, quando ele já é considerado idoso. Caminhadas em piso firme (asfalto e terra, por exemplo) não fazem mal para um cão sadio, muito pelo contrário, ajuda a fortalecer a musculatura para sustentar melhor as articulações e o próprio corpo.

84 comentários:

verivet disse...

muito bom, fácil de ser compreendido e resume quanto é importante os proprietários se preocuparem com a artrose em cães, afinal como o Dr. Daniel disse se não tratada a artrose, o animal pode apresentar dificuldade de locomoção perdendo qualidade de vida.

Daniel disse...

É isso aí Dra., qualidade de vida é tudo para os animais e para o próprio ser humano.

M.Betti Propaganda disse...

Quero saber se além dos remédios e suas recomendãções o que mais podemos fazer para amenizar a artrose? POr exemplo alguma alimentação ou algum alimento que possamos dar ao animal? Eu tenho 3 Labradoras e a mais velha (hoje com 111 anos) está sofrendo de artrose. Ouvi dizer que existem rações com alguma substância que ajuda (mas pode ser só marketing!!)

Daniel Lima disse...

Oi, td bem?!
Desculpa, mas não tinha visto a sua pergunta. Bom, não é marketing, existem sim rações com extratos de cartilagem que ajudam na saúde da articulação, mas eu prefiro dar os mesmos extratos de cartilagem em forma de cápsulas, que são os medicamentos que relatei no texto.
Lembrar sempre de evitar a obesidade, que é comum em Labradores idosos, e prejudica demais as articulações.
Espero que tenha ajudado, e boa sorte.

Anônimo disse...

Olá. O texto está excelente e super acessivel.
Tenho um huskie siberiano com 13 anos que já tinha começado a mostrar os sinais da idade ao nivel da locomoção, visão e audição, mas penso que esta noite lhe terá dado alguma coisa porque a parte traseira dele ficou praticamente paralisada. Por acaso terá alguma ideia do que possa ter sido? É que eu não gostaria de o abater, solução dada pelos veterinários aqui em Portugal.
Desde já muito obrigada.
Ana

Daniel Lima disse...

Oi Ana, provavelmente ele entrou em uma forte crise de artrose e coluna (problemas que já deveriam existir pois é comum com essa idade). Eu recomendo tentar pelo menos 3 dias de medicações antes de partir para a eutanásia (o que vocês chamam de abate); o correto é fazer antinflamatório, analgésico e medicação para artrose (se possível tudo injetável) - procure um Veterinário por aí que esteja disposto a tentar esses 3 dias; daí a decisão a tomar depende da resposta do seu cão.
Obrigado pelos comentários e boa sorte!
Fico à disposição.
Abraços,
Daniel Lima

juliana disse...

olá Daniel, gostaria de saber se a artrose canina pode levar a órbito, pois meu cachorro adquiriu essa doença foi medicado com o remédio condroton 1000 mg,mas faleceu logo em seguida a 1 dosagem. Ele morreu devido a doença ou por causa do remédio?

Daniel Lima disse...

Oi Juliana, a artrose e esse medicamento raramente levam a óbito, provavelmente ele morreu de outra patologia.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Boa Tarde

O meu rafeirinho lindo, de pequeno porte e com coluna maior que as patas, está a começar a formar bicos de papagaio (confirmado por Raio X),
quando as suas dores são mais fortes faço tratamento de 3 dias seguidos de Rymadil ( A-inflamatório) e Zantac para proteger o seu estômago. Estou gradualmente a ficar mais triste com aperda de mobilidade do meu bichinho, companheiro de largos anos. Manca e tem dificuldades em subir e ultrapassar obstáculos.
Tenho lido que o Cloreto de Magnésio poderá ajudar, existirá algum fundo de verdade em tal solução para este problema tão grave e pelos vistos inevitável?
Ele como alimentação ingere Royal Canin Mobility

Muito Obrigado por qualquer Esclarecimento

Bruno Aguiar e Tiko
Portugal

Daniel Lima disse...

Boa noite Bruno, infelizmente é um problema para o resto da vida dele, mas o importante é oferecermos uma boa qualidade de vida. Os antinflamatórios guardamos para as crises. Mas o que fazer para evitar crises? Bom, já te digo que é possível e vai ajudá-lo bastante; recomendo o uso de condroprotetores e acupuntura - converse com o veterinário dele sobre isso. Outra dica é manter uma ração de qualidade para mantê-lo longe da obesidade. Ok? A ração que você oferece já possui condroprotetores, porém em uma quantidade baixa.
Boa sorte e fico à disposição para qualquer dúvida.
Daniel Lima

Ka disse...

Boa Noite,tenho uma mestiça labrador com 8 anos e faz 1 mês que de um dia para o outro ela fica com as perna direita esticada e no 1 dia a urina era com sague e um cheiro forte,fiz exames e deu bico de papagaio e tb doença do carrapato.fiz todo o tratamento,ela nunca perdeu o apetite,mas fica se arrastando,qd levanto a parte traseira dela e coço a barriga ela mexe a perna normalmente ppra coçar,mas se solto ela caí,sem firmeza.estamos muito tristes de vê-la assim,esta bem,come,late,mas não anda mais.me ajude por favor.karina

Daniel Lima disse...

Oi Karina, realmente é uma situação delicada. Eu recomendo procurar a opinião de outro veterinário, pois se realmente o quadro está ligado à paralisia por lesões em coluna, dificilmente reverterá.
Ok? Boa sorte e vamos nos falando.
Daniel Lima

Anônimo disse...

dr. daniel queria saber sua opinião tenho um cão raça fila tem 5anos e apareceu artrose no joelho e tambem displasia na perna direita esta em uma crise muito forte ja mediquei faz tratamento ha seis meses não levanta cem ajuda esta comendo bem mas cada vez que tenho que levantar ele chora muito de dor queria saber oque acha que posso fazer para tirar um pouco da dor dele obrigad0

Daniel Lima disse...

Em relação ao cão Fila, eu recomendo procurar a opinião de outro veterinário para tentar novas medicações para prevenção e dor, ou até tentar uma acupuntura semanal.
Vamos nos falando; mande notícias.
Abs,
Daniel Lima

Si & Ma disse...

Olá!
Tenho um pastor alemão preto e notei que ele está com uma leve dificuldade de se levantar quando está sentado ou deitado.
No primeiro semestre desse ano troquei de ração ele comeu muito pouco e apresentou o mesmo problema.
Levei-o ao veterinário tirei raio-x e ela disse que ele estava fraco. Nas radiografias não havia sinal de ser displasia coxo femural.Voltei com a ração antiga e ele se alimenta normalmente.
Ele não é obeso e não sobe escadas.
Será que devo comprar extratos de cartilagem para ele? Onde eu enontro isso? Cartilagem de tubarão serve?
Obrigado.

Daniel Lima disse...

Boa noite, o seu Pastor deve estar com artrose nas demais articulações e coluna, portanto seria bacana utilizar essas medicações para oferecer qualidade de vida.
Esses medicamentos são encontrados em farmácias veterinárias, porém vendidos com receita - converse com o seu veterinário a respeito deles.
Abs,
Daniel Lima

Rose disse...

Dr. Daniel,
Minha rott está com 9 anos e em crise de artrose, que descobrimos agora pois ela ficou sem se levantar (patas traseiras)e com muita dor, a vet.solicitou um raio-x com o diagnóstico de displasia coxo-femural+ artrose. Está tomando Tramal de 12 em 12 hs+ um complexo (manipulado) de antiflamatório + condoitina e etc..e dipirona de 8m em 8hs. Fui informada q a única medida a tomar é realizar uma cirurgia, que tira a dor(??)e consequentemente dará uma melhor qualidade de vida, pois sem dor, ela poderá andar, mesmo com dificuldades, pois na crise ela evacuava e urinava deitada e com nossa ajuda para carregá-la.
O Sr. pode me informar o que é essa cirurgia? no q consiste? é confiável? Muito Obrigada por sua ajuda!

Daniel Lima disse...

Oi Rose, não sei qual cirurgia falaram para a Sra., mas eu não costumo operar para artrose, pois controlo bem e até onde der com antinflamatórios nas crises e condroitina e acupuntura para controle e evitar crises.
Se informe melhor sobre qual cirurgia é e eu lhe dou a minha opinião.
Vamos nos falando.
Abs,
Daniel Lima

Rose disse...

Dr.Daniel,

Parece que é desnervação...o nome da cirurgia..mas a coisa agora se complicou um pouco pois a Dara não está conseguindo fazer xixi e a Vet acha q ela está com algum problema de coluna...cado esteja a vet. disse que não tem cirurgia para este caso, só acupuntura..o Sr. poderia falar mais à respeito??

Grata,

Rose

Daniel Lima disse...

Bom Rose, nessa idade a artrose acaba sendo generalizada, portanto essa cirurgia em determinado local não ajudará muito (eu não recomendo e não faço, pois não vejo vantagens, muito pelo contrário).
Com lesões em coluna junto com as artroses, o correto é fazer acupuntura mesmo, além de continuar tirando a dor dela.
Ok?
Abs,
Daniel Lima

Anônimo disse...

Oi! sou Luisy moro no japão e tenho uma irmã no brasil que tem 3 cokers, um deles ja esta na 3 crise que a impossibilita de andar e tudo so movimento da cabeça, ate mesmo a voz o cachorro perde, disse pra minha irmã ver com o veterinario dela sobre a cartilagem, queria saber oq voce pode me informar a respeito, o cachorro esta em tratamento com acumpuntura e medicamentos, mas queria uma opinião de alguem que conheça do assunto. Agradecida.

Daniel Lima disse...

Oi Luisy, esses extratos de cartilagens são ótimos para controle e para tentar evitar crises, mas pelo o que vc está me contando, acho que ele está bem ruim e talvez não ajudasse muito nessa hora; a acupuntura e os medicamentos são os mais importantes em uma crise grave dessas.
Mande notícias.
Daniel Lima

Anônimo disse...

minha cadelinha uma poodle esta tomando gerioox e osteocart plus para artrose, toma tb banamine com cautela. gostaria de saber se tem mais alguma coisa que eu possa fazer por ela...nao vejo resultados ainda, faz 20 dias q esta tomando. ela escorrega muito qdo quer começar a andar!

Daniel Lima disse...

Anônimo, não dá para dizer de longe sem examinar o animal e sem saber qual o tipo de artrose. Existem vários tratamentos distintos que buscam o mesmo resultado positivo. Se está com dúvidas, busque uma nova opinião médica.
Boa sorte e vamos nos falando.
Daniel Lima

Gabriela disse...

Oi Daniel,
meu nome é Gabriela e eu sou apaixonada por cães. Eu gostaria que você me desse uma opinião a respeito da cadela da minha sogra, que se chama Linda.
Ela é uma pastora canadense e tem 8 anos de idade. Há algum tempo nós estamos percebendo que ela estava com dificuldades de sustentar o quadril. Minha sogra desde que começou a notar essa dificuldade tem levado a Linda no veterinário para tentar um diagnóstico. Minha sogra realizou vários tratamentos nela e não houve melhora alguma!!!
Ela trabalha o dia todo e quando chega em casa, encontra a Linda toda suja com suas fezes. Ela já não sabe mais o que fazer e acha que está sendo um sofrimento muito grande para a cadela.Eu não sei especificar exatamente qual foi o diagnóstico, o que eu posso afirmar é que ela não consegue levantar sua parte traseira do corpo e que aparentemente não sente dor nenhuma. Está comendo e urinando normalmente. Não apresenta problemas anexos, apenas hematomas nas pernas por ficar se arrastando.
Pensamos na possibilidade de ela usar uma cadeira-de-rodas, porém nos disseram que não é recomendado deixar o cão sozinho em casa com a cadeira conectada.
Peço encarecidamente que você nos dê uma luz.
Desde já, meus mais sinceros agradecimentos,
Gabriela

Daniel Lima disse...

Oi Gabriela, é uma situação muito delicada; é comum em raças de grande porte idosas esses sintomas - ocorre uma artrose nas articulações do quadril e no final da coluna, mas que só é confirmada por raio-x e o animal fica 'arrastando' a parte posterior.
Eu tentaria buscar outra opinião médica para tentativas diferentes, pois existem vários caminhos que buscam o mesmo resultado, porém é muito difícil conseguirmos um resultado positivo nesses casos mais avançados.
Cadeira de rodas para cães de grande porte é muito trabalhoso, pois necessita de uma pessoa o tempo todo junto e, na minha opinião, não acaba proporcionando uma boa qualidade de vida - eu não tenho bons resultados.
Vamos nos falando e manda notícias.
Daniel Lima

Fábio disse...

Boa noite Dr.Daniel,eu tenho uma rotwailer de 10 anos e meio que foi diagnosticada com artrose,no dia 10 de outubro pelo veterinário.Até então ela só mancava muito e não conseguia mais andar muito,como antes. Ele receitou 2 comprimidos de Condromax no primeiro mes,diminuindo para 1 em seguida,e Rimadyl para dor quando necessário. Só que ele falou que não tinha cura,mais que ela deveria apresentar melhora,e não foi o que aconteceu.Depois de começar o tratamento,ela piorou,tem muita dificuldade para levantar,as vezes chega a escorregar e cair,fica deitada o dia todo e não tem apetite. Procuro andar com ela todos os dias na calçada,para ela não atrofiar. Será que a atrose faz tudo isso,já que ele não fez nenhum exame específico,nem raio x. Se puder me ajudar,fico agradecida.

Daniel Lima disse...

Oi Fábio, a artrose generalizada em cães idosos pode deixar o animal assim mesmo, podendo não ter resultado positivo no controle clínico.
O correto é fazer um raio-x dos locais que o médico julgar necessário.
Pensaria tb em outros caminhos, como acupuntura, por ex. - converse com o seu veterinário.
Boa sorte e mande notícias.
Daniel Lima

Anônimo disse...

ola,tenho um fila e ele perdeu os movimentos,só mexe o pescoço come bem mas os veterinários medicaram ele com remédios q na bula naum tem nada haver,e os mesmo começou a incha-lo e prender seu xixi,mtos m dizem q naum tem mais jeito....ja faz 20 dias que ele c encontra nesse estado.....preciso d orientaçao...obrigado

Nivaldo disse...

Daniel, boa tarde. Tenho um poodle (16 anos) a principio está com artrose, é justamente o quadro descrito em seu texto. No momento ele está com dificuldade apenas de levantar quando fica muito tempo deitado (sendo necessário uma ajuda para que possa levantar), as patas traseiras não firmam. Se ele começa a andar pela casa, esta dificuldade passa (compramos inclusive alguns sapatos com solado de silicone para evitar que fique escorregando), porém a noite como já ficou deitado muito tempo, ele não tem conseguido levantar para fazer xixi, e acaba urinando deitado mesmo. Emfim, o veterinário nos receitou apenas o Gerioox por 30 dias. Não solicitou nenhum outro exame, apenas fez os exames de toque. Já tem 3 dias que está tomando o Gerioox e até agora não vi grandes melhoras. Acha que apenas o Gerioox possa resolver, ou é melhor perguntar ao veterinário sobre analgésicos e outros remédios? Obrigado.
Nivaldo

Daniel Lima disse...

Em relação ao Fila, realmente a situação é grave e ele deve estar sofrendo.
Como ele está agora?
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Oi Nivaldo, cada caso é diferente do outro, portanto recomendaria voltar no veterinário e explicar o que está acontecendo e perguntar sobre td isso.
Boa sorte e mande notícias.
Daniel Lima

Nivaldo disse...

OK Daniel, obrigado, vou aguardar então, o Veterinário passou o tratamento com o Gerioox por 30 dias, vou esperar uns 15 dias e ver como está, tenho visto realmente melhoras no caso dele.

Mais uma vez obrigado e continue com esse trabalho excelente de ajuda que você vem fazendo.

Daniel Lima disse...

Ok Nivaldo, boa sorte por aí.
E obrigado pela participação no blog.
Daniel Lima

Felix rio disse...

olá, meu rott. tem 11 anos e sofre de artrose e está tomando antiflamatorios, ele já tomou azium e maxican, ele até apresenta uma melhora, mas tem dias que ele nem consegue por a pat no chão de tanta dor. mas o que gostaria de saberé se devvo evitar de fazer atividades com ele quando estiver sem dor?

Vanessa disse...

oi, tenho um labrador de 10 anos q ta com atrose e nao ta andando com as patas trazeiras, ele vai começar com a medicaçao hj, caso ela nao funcione seria recomendado o uso de cadeira de rodas?? qual o tipo mais indicado?? obrigada!

Daniel Lima disse...

Oi Felix, quando ele estiver fora de crise, pode fazer caminhadas leves em piso firme, como asfalto ou terra, mas sempre em horários tranquilos e sem sol. Se ele relutar ou piorar, tem que parar com as atividades. Ok?
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Oi Vanessa, pode tentar sim cadeira de rodas, mas na minha opinião é mto difícil manter um cão de grande porte nessas condições, acho que o bicho acaba sofrendo e perdendo a qualidade de vida. A cadeira de rodas é feita sobre medida; precisa pedir para o veterinário dele entrar em contato com a empresa e explicar o caso, além de tirar as medidas solicitadas.
Mande notícias.
Daniel Lima

cristine disse...

Dr. Daniel tenho uma cadela Boxer de 9 anos ela andava com as pernas traseiras meio bambas e às vezes sem mais nem menos dava uns gritos de dor aqui na minha cidade nâo tem veterinário apenas agropecuária fui em uma e o Dono me receitou càlcio 7 ml e um anti inflamatório Azium eu achei que ela estava melhorando só que hoje pela manhã ela estava caminhando mais a tarde não conseguia levantar mais e está assim até agora mexo nas pernas dela e ela grita e vai fazer cocõ e xixi se arrastando!!quais medicamentos eu poderia dar a ela para dor e para ela melhorar!!

Daniel Lima disse...

Oi Cristine, respondi o seu email.
Daniel Lima

Nivaldo disse...

Olha, não sou veterinário. Mas depois que meu poodle (com 16 anos) começou a tomar Gerioox, ele realmente melhorou e muito. Não sei porque alguns veterinários não o receitam, depois que descobri ele, passou a fazer parte da dieta do meu cão.

Outra coisa que ajudou também, isto para quem tem cachorro em apartamento, é o uso de sapatos antiderrapantes, e caminhadas curtas, mas diárias com ele na rua (sempre superfície plana conforme informado pelo Dr. Daniel).

Daniel Lima disse...

Oi Nivaldo, muitos veterinários usam produtos de outras marcas, porém com os mesmos princípios ativos.
Vc tem razão, estes medicamentos melhoram muito a qualidade de vida dos cães idosos.
Obrigado pelas dicas aos meus leitores.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Olá, tenho um border colie de 11 anos,e notei esses dias que ele derepente saia correndo com uma pata traseira toda esticada, como se estivesse paralisada, andava de um lado para o outro se esfregando no sofá. Após essas crises, notei que ele começou a roer o rabo(o início do rabo), chegou até tirar sangue. Isso pode ser Artrose?

Daniel Lima disse...

Qto ao Border Collie, pode ser artrose sim, mas não sei onde.
O correto é levá-lo para ser examinado e um provável raio-x.
Daniel Lima

talita disse...

oi! tenho uma cadela que esa com artrose! queria saber se tem cura.Ela tem 5 anos e pesa 41 kilos.Estou fazendo os tratamentos certinho mais ela parece não estar respondendo.Estou muito preoupada,pois me disseram que se ela não melhorar teria que sacrificar.

Daniel Lima disse...

Oi Talita, a artrose não tem cura, mas sim controle. Peça mais orientação ao seu veterinário para melhorar a qualidade de vida dela.
Outra coisa, td depende mto do local em que está acometida a artrose.
Ok?
Daniel Lima

Cleo_saúde_natureza disse...

Por favor, afinal, o rapaz q fez o comentário, deu mais dicas que o próprio veterinário.
Quer ajudar? Não tenha receio de ajudar, de mesmo as dicas e os remédicos certos. Isso somente lhe dará +clientes. Infelizmente o vetarinário q eu levei o meu cachorro, nem desconfiou q ele estava com artrose.Precisei andar 200 quilomts p levar em outro q diagnosticou a artrose, uma pena...

Daniel Lima disse...

Oi Cleo, concordo que alguns profissionais pecam nos esclarecimentos e dúvidas dos donos de animais.
Aqui no blog, não podemos fechar diagnóstico e/ou prescrever medicamentos, pois além de ser anti-ético é totalmente errado ter uma conduta dessa sem exame clínico do animal.
Ok?
Obrigado pelo comentário.
Daniel Lima

talita disse...

oi DR Daniel...obrigada por me responder...mais minha cachorra não está somente com artose.Levei ela no no veterinário e acusou no hemograma dela que ela esta com cinomose.Esta sendo muito doloroso pra nós ver o estado dela.Estamos tratando...comprei um remedio que custa 500 reais que é o ribavirim. Queria saber se esse remedio ajuda muito na recuperação dela,porque ele é muito caro!! Obrigada um abaraço

Daniel Lima disse...

Oi Talita, que pena, cinomose é uma doença bastante grave para os cães.
Eu não tenho experiência com esse medicamento - não atendo cinomose na minha rotina clínica. Faz muitos anos que não aparece nenhum cão com cinomose ou suspeita para eu atender.
Abs e boa sorte.
Daniel Lima

Suelli Lima disse...

Suelli
Olá Dr.Daniel , tenho um cãozinho ele tem 15 anos , a algum tempo ele uso carprofan e condroplex para a artrose, ele andava um pouco sozinho ,mais faz 2 anos que mudei para apartamento aí , agora ele só fica sentado , gostaria muita que ele tivesse uma melhor qualidadede vida e não tivesse dor, muitos veterinários dizem que acumpuntura não adianta para a artrose , gostaria de uma opinião do senhor e o que posso fazer para ajudar meu cãozinho Rex.

Daniel Lima disse...

Oi Suelli, em primeiro lugar, saber quais são os pontos mais acometidos pela artrose. Ok?
Com base nissso, podemos saber se a acupuntura ajuda ou não e também o que podemos fazer na sua rotina para melhorar a qualidade de vida.
Daniel Lima

Cátia disse...

OLÁ! TENHO IM LABRADOR DE 4 ANOS QUE SEMPRE FOI MUITO FORTE, ALIÉS ELE É FORTE, MAS FAZEM UNS 20 DIAS QUE ELE COM SUA ALEGRIA PULOR DO SIFÁ E CAIU DE LADO. NO DIASÓ DEU UMA MANCADA E PRONTO, MAS JÁ FAZ UNS 15 DIAS QUE VEM MANCANDO QUANDO FICA DEITADO OU SENTADO MUITO TEMPO. LEVEI AO VETERINÁRIO DELE, RECEITOU MAXCAN, QUE ELE TOMOU 3 DIAS INJETAVEL E FICOU ÓTIMO. AGORADEPOIS DE 12 DIAS DA ÚLTIMA INJEÇÃO, VOLTOU A MANCAR. MORO EM SALVADOR/BAHIA E NUNCA FEZ TANTO FRIO COMO AGORA E OBSERVO QUE ELE TEM COFRIDO COM O FRIO, POIS QUANDO SAIMOS PARA PASSEAR, ELE ANDA NORMALMENTE E QUNDO BRNCA, SE AGITA TAMBÉM FICA BEM. ESTOU DANDO CONDROMAX 3 VEZES AO DIA, DESDE O FIM DO TRATAMENTO COM AS ONJEÇÕES, MAS ELE VOLTOU A MANCAR NESTES ÚLTIMOS 2 DIAS. O QUE DEVO FAZER. NÃO FOI FEITO OX, POR O VETERIMÁRIO ACHOU QUE DEVERIA O BSERVAR ANTES, PORQUE O RX PARA ELE TEM QUE SER COM ANESTESIA. LI SOBRE UM ALIMENTO CHAMADP FREESOM, MAS NÃO CONHEÇO. O QUE FAÇO? TIVA UMA POCLE QUE TEVE CANCER ÓSSEI E FICO APAVORADA EM PENSAR QUE ELE PODE ESTAR COM ISSO. TEM ALGUM EXAME DE SANGUE QIE POSSA ME DAR ESTA RESPOSTA?

Daniel Lima disse...

Oi Cátia, recomendo fazer o raio-x dos pontos que ele sente dor e dos pontos que o veterinário dele achar que pode ter algo de errado. Ok?
Qto a exames de sangue, não temos nenhum para isso.
Mande notícias e boa sorte com ele.
Abs,
Daniel Lima

Henrique Silva disse...

Dr. Daniel, minha cachorra pit bull (médio porte) esta com 13 anos e na semana passada parou de locomover as patas traseiras devido artrose. Gostaria de saber se o senhor recomenda o vetcar (vetcar.com.br) para este caso. O cachorro sente muita dor com artrose?? Tbm nao gostaria de vê-la sofrendo...

Daniel Lima disse...

Oi Henrique, não recomendo o vetcar para cães desse porte e dessa idade, pois não vejo qualidade de vida na prática e tb por causa do aparecimento de lesões na dianteira por causa da sobrecarga, onde tb existe artrose pela idade.
Artrose dói sim, pois a falta de cartilagem faz os ossos se encostarem, causando dor e desconforto.
Recomendo medicação e acupuntura.
Mande notícias.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Oi Dr,
Sei que o post é antigo, mas meu York de 9 anos acordou hoje cedo irreconhecível... Levamos ele ao veterinário e foi detectada Artrose na pata de trás.
Ele fará todos os exames e tomará os medicamentos indicados. Podemos fazer mais alguma coisa para melhorar sua qualidade de vida neste sentido? Continuamos com os pesseios (3 ao dia) normalmente?

Estamos preocupados...

Desde já agradeço.

Anônimo disse...

Olá dr. Daniel, tenho uma Daschund de 8 anos, ela ha dois anos ja usa condroitina manipulada e capsulas, meu problema é na hora de dar as capsulas pra ela, e eu pensei que facilitaria muito se eu pudesse por somente o pó da capsula na comida dela que é natural, legumes, carne, etc.Só nao fiz ainda porque sei que alguns medicamentos precisam ser ingeridos com capsulas porque a absorção se faz no estomago, seria o caso da condroitina? Posso dar o pó da capsula ou não?

Daniel Lima disse...

Em relação ao Yorkshire de 9 anos, recomendo diminuir a atividade física, principalmente nas crises - o ideal é deixar o cão ir onde quiser por perto e não forçar algum trajeto.
Os medicamentos normalmente controlam bem a artrose em cães pequenos.
Recomendo realizar exames sim, para saber onde estão as lesões e para futuros controles.
Ok?
Boa sorte por aí.
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Eu não recomendo abrir a cápsula, justamente pelo que vc disse.
Pode alterar a absorção sim.
Recomendo colocar a cápsula dentro de algo para ela comer, como por ex., frutas, carne ou queijo branco.
Ok?
Existem condroprotetores injetáveis com aplicação semanal - converse com seu veterinário, pois pode ser uma opção.
Daniel Lima

Felix Junior disse...

Olá Doutor. Tudo bem ?
O caso é o seguinte: Tenho um cão, da raça rotweiller, com, a idade de 11 anos , o qualfoi diagnosticado com artrose. Ja comecei com o tratamento ha uns 6 meses( Condroivet ) e as vezes administro Azium quando vejo algum sinal de dor. A minha dúvida é em relação a administraçao de anti-inflamatorios e quando da-los. Exite alguma contra indicaçao em usar muitas vezes, por exemplo, 1 vez por mês ou menos ? Por fim, moro em apartamento e nao sei se deveria descer com o cao pelas escadas praum breve passeio, ja que li que seria recomendado a atividade fisica diaria.
Forte Abraço e obrigado desde já.

Daniel Lima disse...

Oi Felix, os antinflamatórios devem ser usados somente nas crises em que o bicho está com dor e não para manutenção. Todo antinflamatório usado de forma errada traz efeitos maléficos para o cão, portanto não recomendo mantê-los de rotina, e sim, somente com orientação do seu veterinário. Ok?
Qto aos exercícios, varia mto em cada caso, mas um animal que está controlado e sem dor, recomendo atividade leve em piso firme e plano; escadas não.
Abs,
Daniel Lima

Viviane disse...

Eu tenho um cocker de 13 anos que apresenta os sintomas de um ano pra cá ... Uma veterinária recomendou um remédio q não fez efeito e pediu para continuar dando. Fui buscar uma segunda opinião e ele receitou prednisona ... o problema é que ele engorda muito com a medicação e me disseram que seu uso não pode ser frequente, porém dá ótimo resultado.
É perigoso o uso contínuo deste medicamento?

Anônimo disse...

Olá:
Tenho um filho labrador de 8 anos com artrose diagnosticada, sofro muito com ele pois, morando numa ilha, sempre tivemos muitas atividades juntos. Ouvi falar em extrato de Sucupira. É recomendável?
Gostaria que viesse para cá como convidado, veja www.casadumel.com.br .Todos que gostam de bichos são bem vindo
Abraços

Daniel Lima disse...

Oi Viviane, é perigoso sim; este medicamento só é usado, algumas vezes, nas crises, sob orientação médica.
Existem outras formas de controlar a artrose em animais idosos.
Na dúvida busque outra opinião de algum veterinário que atenda ortopedia ou geriatria.
Mande notícias.
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Em relação ao Labrador de 8 anos, não conheço sobre a Sucupira e nunca utilizei, mas vou procurar me informar e te dou um retorno.
É difícil mesmo ver esses cães super ativos envelhecendo e tendo limitações, mas faz parte da nossa vida né!
Mas conseguimos hj em dia proporcionar bastante qualidade de vida para cães idosos que começam a entrar no quadro de artrose.
Vc mora num lugar lindo, com certeza, se tiver oportunidade, farei uma visita.
Abs,
Daniel Lima

Letícia disse...

Olá Dr.Daniel.

Em primeiro lugar, parabéns pelos esclarecimentos e por nos acalmar um pouco, pois como o senhor sabe, quem tem um animalzinho por quase dez anos ou mais, na verdade acaba por ter um filho.

O meu é um Dauschaund de 15 anos que sofre de insuficiência renal e, no momento, apresentou um caso leve de anemia, mas que está recuperando.

Ele come a ração Renal da Royal e qdo nao quer comer ração dou arroz, cenoura ou uma papinha de nenem pra ele.

Além do problema renal,ele apresenta artrose, as patinhas traseiras ele tem mta dificuldade de firmar,mas as vezes, consegue firmar e caminhar um pouco.

Recentemente, junto com a crise da anemia ele começou a apresentar uma contração nas patas da frente, como se estivesse dobrando o punho/mão.

Ele estava tomando gerioox, mas parece que há um problema na comercialização do produto e tive que interromper o tratamento.

Nunca dei nada específico pra artrose, o que o Sr. acha que eu posso fazer pra melhorar a qualidade de vida dele e, claro, aumentar o tempo dele comigo.

Quais medicamentos são os mais utilizados para tratamento de artrose? Não irei medicá-lo por conta própria, pergunta para poder pesquisar mais e questionar o médico dele.

Daniel Lima disse...

Oi Letícia, o Gerioox é um medicamento para controle de artrose sim e existem outros tão bons quanto ele no mercado - não posso dizer nomes aqui no blog, porém converse com seu veterinário.
Eu indicaria, também, acupuntura, pois ajuda muito no controle da artrose e coluna.
Boa sorte e mande notícias.
Abs,
Daniel Lima

Rafael ALmeida disse...

Olá Dr. Daniel,

Tenho uma Golden Retriever de 5 meses (sem displasia até onde sei)e gostaria de saber se ministrar condroitina ou outro condroprotetor tem eficácia na prevenção da displasia.

Daniel Lima disse...

Oi Rafael, eu não recomendo tratamento preventivo nessa idade.
Na minha opinião, se a displasia for congênita vai aparecer de qualquer forma.
Consulte o seu veterinário e diga que gostaria de fazer um raio-x para displasia, porém eu esperaria mais alguns meses. Ok?
Daniel Lima

Anônimo disse...

Olá, Doutor. Tudo bem ?
Meu cão ( rotweiller, 12 anos, sofre de artrose cronica) apresenta quadro de infestaçao de carrapato regularmente. Faço o tratamento, mas logo após um breve período eles retornam. Administro o vermifugo regularmente , conforme o prescrito na bula. No entanto ele vem apresentando fezes escuras e moles.
Gostaria de saber se posso dar o vermifugo denovo, sendo que ja dei as duas doses - a primeira, e logo apos 15 dias a segunda - e se isso seria contra-indicado.
Grato.

Daniel Lima disse...

Não seria o correto. Recomendo levá-lo no veterinário dele para examinar e fazer os tratamentos e prevenções corretos. Ok?
Daniel Lima

Anônimo disse...

Eu tenho 18 anos,e tinha uam piquinês de 17 anos...era totalmente minha companheira,depois de um tempo ela começou a fikr mais lenta,naum qria andar direito,nein comer,nein latir...eu axo q era a idade...
e isso ficou por algum tempo,mais dia 15 de agosto ela faleceu,ela naum qria comer,eu dei leite numa ceringa pra ela,ela naum conseguia andar,eu axei q seria os ossos,ela se esticava e gritava muito pra falecer...eu sofri muito ao lado dela,ela só morreu depois q eu sai pra trabalhar,5 minutos depois!
eu a amava muito...e agora a 15 minutos atraz,minha outra cadela,eu tva brincando cm ela,e eu vi na ultima mama dela,que está meio vermelha ou alaranjada e está seca,e eu apertei ao lado e está meio durinho por dentro...é inicio de cancer ou já ta meio avançado?

Anônimo disse...

Oi Dr Daniel,
eu tenho uma poodle porte médio que está com 12 anos, é cardíaca e pesa 10kg.
Eu percebi que agora ela esta começando a mancar, aí as vezes andando, fica mais deitada do que se locomovendo, e percebi que ela treme as vezes quando esta deitada.
Ela ja teve uma crise de gritar de dor e não conseguir esticar a patinha, levei ela no veterinário e ele disse que era uma luxação. tomou anti inflamatório e passou, mas ele disse que por causa da idade e do peso ela estaria iniciando um caso de artrose mas que era melhor esperar para começar o tratamento pois o medicamento contém sal e como ela é cardíaca, complica. Ele disse que ela tem que perder peso, estamos tentando fazer uma dieta nela, cortei o arroz do almoço dela, agora só come carne e arroz. Exercício ela não pode fazer por causa do problema de coração e agora porque ela esta mancando muito.
O que devo fazer? existe alguma coisa natural ou até alimentos que possam diminuir esse problema de artrose dela? Eu li uma vez que banana ajuda, é verdade?

Muito boa a sua reportagem e obrigada.

Daniel Lima disse...

Em relação à cadelinha que era companheira da Pequinês, pode ser tumor de mama ou outras doenças na mama - sem examinar não posso afirmar nada.
Recomendo levá-la num veterinário de confiança para avaliar. Ok?
Abs e boa sorte.
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Em relação à Poodle médio de 12 anos, acupuntura normalmente ajuda bastante; alimentos com cartilagem e colágeno, como pescoço de frango quebrado e gelatina por ex., tb ajudam, mas não como os medicamentos específicos. Mas não faça nada sem conversar antes com seu veterinário. Ok?
Obrigado pela participação no blog.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Dr. Daniel,
Lí o seu texto sobre artrose em cães por isso, gostaria de lhe pedir um conselho. tenho uma cadela com cerca de 11 anos e meio, cerca de 26kg e ultimamente ela tem mancado muito da perna traseira esquerda. Já estou no 7º tubo seguidos de condroton sendo que os 6 primeiros, dei 2 comprimidos a cada 12 horas. Atualmente, 1 comprimido a cada 12horas. Apesar da medicação, ela continua mancando, às vezes cai... Compressas de água quente com aplicação de reparil gel na junta sob a bolsa de água, também não estão adiantando.
Existe algo mais que eu possa fazer para ajudar "minha filha" a ter uma qualidade de vida a melhor possível?

Daniel Lima disse...

Em relação à cadela de 26 kg, a primeira coisa é saber qual o problema dela. Foi fechado um diagnóstico?
Daniel Lima

Fernanda disse...

Boa noite Daniel! Tenho um Labrador de 8 anos que está com dificuldades para se levantar e andar. Ele parece não ter força nas patas traseiras, pois quando consegue se levantar ele as arrasta. Chora muito para se mexer. Não apresenta nenhum outro sintoma, come normalmente, as fezes estão normais e não possui nenhuma lesão. Ele está tomando remédio indicado pela veterinária mas até agora não teve melhora. Algo que possa me ajudar? Obrigada!

Daniel Lima disse...

Oi Fernanda, cães de raça grande tem bastante problema (normalmente artrose) nas articulações da bacia com os membros, que podem causar este comportamento.
O importante é tentar fechar um diagnóstico para melhor tratá-lo. Foi feito raio-x? Qual o diagnóstico da veterinária?
Mande notícias dele.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Oi Doutor!
Tenho um gato de 08 meses e ele está apresentando dificuldades de locomoçao.Quando ele vai andar as patas trazeiras ficam como travadas e ele manca e as vezes ate para.. A veterinaria retirou raio x e diagnosticou como artrose da cabeça do femur... E passou um antinflamatório... De toda forma meu gato continua com dificuldade de locomoçao e acredito que sentindo dor... Como tem so uma semana ele pediu para continuarmos com o tratamento por mais 03 semanas..Qual sua opinião?

Daniel Lima disse...

Acho estranho artrose em um gato de oito meses de idade. Investigaria um pouco mais. Ok?
Mande notícias.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Olá, tenho um york de 8 anos e ele teve uma segunda crise igual a 1.. ele não conseguia se fixar nas patas traseiras.. de manha nao quis comer e enm deixa chegar perto.. chora muito e ficou nervoso! porem a noite ele comeu na mao da minha mae e ja conseguiu se apoiar pra fazer xixi mas tudo muito devagar... ele vive num espaço bem pequeno.. sera artrose? por favor me ajude.. obrigada!

Daniel Lima disse...

Não tem como saber sem examinar e/ou exames. Ok?
Leva num veterinário de confiança ou indicado para examiná-lo e tentar fechar um diagnóstico.
Boa sorte.
Daniel Lima