domingo, 16 de maio de 2010

Qualidade de vida no paciente idoso - cães e gatos

Hoje a nossa atenção será voltada para o paciente idoso, tanto cão como gato. A geriatria é uma especialidade que cresce cada vez mais na medicina veterinária e isso se deve ao fato dos proprietários buscarem o máximo de qualidade de vida possível para seus 'melhores amigos' na idade avançada - o aparecimento de determinadas doenças e crises diversas são inevitáveis com o envelhecimento, mas podem ser diminuidas ou prolongadas com a ajuda de um profissional capacitado.
No geral, os cães e gatos são considerados idosos entre 7 e 8 anos de idade, mas isso varia um pouco dependendo da espécie, raça e tamanho do animal.
O animal idoso, como o ser humano, tem os seus órgãos, ossos e articulações, principalmente, em degeneração, perdendo parte de suas funções, deixando uma certa incapacitação no dia a dia. Outra coisa ruim que ocorre é a diferenciação das células podendo surgir tumores. As doenças mais comuns em cães e gatos de idade avançada são artrose, 'bico de papagaio' e hérnia de disco na coluna, insuficiência cardíaca, insuficiência hepática, insuficiência renal e tumores benígnos ou malígnos (câncer), entre outras.
A alimentação correta junto com atividade física adequada e controle de peso são fundamentais para uma velhice mais saudável; por isso a importância em ter um veterinário de confiança por toda a vida do seu pet, que vai orientar tudo isso e demais necessidades de rotina, como vacinas, vermifugações, profilaxia dentária e manejo.
Com a evolução da medicina veterinária, disponibilizamos de estudos, alimentos e medicamentos avançados para controle e prevenção das doenças citadas acima, proporcionando uma boa qualidade de vida nesses pacientes, pois afinal eles merecem por toda fidelidade, carinho e companheirismo que nos transmitem.
Para finalizar, deixo algumas dicas: Tenham sempre um veterinário de confiança, entendam as limitações de um animal idoso e busquem sempre orientação e informação do profissional sobre mudanças na alimentação e na rotina diária em cada fase da vida deles; consultas de rotina e exames preventivos ajudam bastante para tentar descobrir doenças antes de estarem avançadas, mas sempre sob orientação profissional.
Lembrem que os animais não falam o que estão sentindo e são muito relutantes à dor e ao mal estar, mas quem os conhecem entende bem o que querem dizer ou pelo menos que algo não está bem.

44 comentários:

alessandra_toni disse...

Olá Dr.Daniel tenho uma cadela de 14 anos que foi submetida a cirurgia para retirada da cadeia mamária e castração. O resultado da biópsia deu Adenocarcinoma papilífero de mama, linfonodo com extensa metástase de Adenocarcinoma mamário. A Orientação da médica veterinária da SUIPA onde tenho tratado minha cadelinha é para que eu procure um Oncologista sendo que só a consulta custa R$ 150.00. Além de não possuir recurso para isso fico a pensar: Será que realmente os resultados serão satisfatórios ?

Daniel Lima disse...

Oi Alessandra, eu não tenho bons resultados com quimioterapia para câncer de mama em cadelas, mas tenho colegas que tem e fazem bastante. A consulta com a oncologista seria viável para ela oferecer 2 caminhos para escolha, com seus prós e contras. Mas já te aviso que esses tratamentos são bem caros e requer muita disponibilidade do cliente. Recomendo vc procurar uma faculdade, como a USP por ex., e dar continuidade ao tratamento ou controle decidido.
Ela merece qualidade de vida nesse final da vida dela, pois já é idosa, portanto não tome decisões precipitadas que prejudiquem isso.
Boa sorte.
Daniel Lima

sonia disse...

Olá Dr.Daniel tenho uma cadela de 9 anos submetida a cirurgia para retirada de 2 tumores de mama ( do tamanho de uma ervilha) e castração.
não tem biópsia. hoje dois meses após cirurgia encontrei em seu pescoço logo acima de seu ombro direito um caroço do tamanho de uma ameixa. Pode ter algo a ver com a mama?

Daniel Lima disse...

Oi Sonia, provavelmente não, metástases de câncer de mama são mais comuns em pulmão, fígado e rins - quando ocorre em pele, normalmente não tem esse aspécto e se localiza próximo das mamas. Mas de qualquer forma acho que vale a pena levá-la para o veterinário que operou avaliar.
Daniel Lima

Marcia disse...

Dr. Daniel,

Bom dia!!!

Tenho um pinscher de 12 anos e meio e que terá que fazer mais uma cirurgia, a 3a. em cinco anos, para retirar cálculos da bexiga. Ele tem um cisto no testículo há longos anos que o ultrassom mostrou não ser tumor. Como a próstata está aumentada o veterinário sugeriu também a castração, com vistas a evitar que o cisto se torne um câncer.

Gostaria de saber quais são os riscos de castrar um animal idoso. Confesso que estou muito apreensiva e não gostaria de castrá-lo.

Desde já agradeço sua valiosa ajuda.

Abraços,

Marcia

Daniel Lima disse...

Oi Marcia, não há riscos em castrar um cão idoso, só ajudará nesses problemas que vc citou (cisto e próstata), portanto deve fazer sim.
O risco que existe é em relação à anestesia, independente do procedimento cirúrgico, portanto faça exames antes e converse sobre uma anestesia de qualidade para ele. Ok?
Boa sorte.
Daniel Lima

Anônimo disse...

Excelente blog, parabéns! Vale lembrar da importância dos cuidados odontológicos com o paciente idoso. A doença periodontal é a principal afecção nesta idade e pode acometer mais de 80% de cães e gatos. Os tumores de boca também são muito frequentes.
Saiba mais em www.odontovet.com
Abraços,
Herbert Corrêa

Daniel Lima disse...

Oi Dr. Herbert,
Agradeço o comentário no blog e as dicas para os meus leitores sobre a importância da saúde bucal em pacientes idosos.
Vou pensar em elaborar um post sobre esse tema.
Seja bem vindo no blog.
Abs,
Daniel Lima

Petescadas disse...

Cães idosos são muito ajudados pelo uso de escadas e rampas para subir e descer de camas e sofás. www.petescadas.com.br ajuda nossos amiguinhos
abraços

Obesos, idosos, feridos, pós operatório, acidentados, filhotes

Daniel Lima disse...

Petescadas, que bom contar com vcs!
Fica a dica para os meus leitores!
Abs,
Daniel Lima

Fernanda disse...

Olá dr. Daniel,
minha cadela da raça Pastor Alemão está com 10 anos. Há 3 anos ela retirou dois tumores de mama e de lá para cá ela tem comido cada vez mesmo. Ela come bem por alguns dias e depois passa uns 2 dias sem comer praticamente nada! Ela, que sempre foi "gordinha", emagreceu bastante devido à isso, mas ainda continua ativa como sempre!
Algumas vezes, as fezes dela apresentam a coloração bem escura, com estrias de sangue. Ela tbm adquiriu o hábito de comer terra e as fezes do meu porquinho-da-índia e da minha coelha.
Ela está tomando o suplemento Proteum Energy.
Será que isso é apenas uma depravação do apetite ou pode ser alguma coisa mais séria?

Daniel Lima disse...

Oi Fernanda, por ser uma Pastor Alemão de 10 anos e ter histórico de tumores em mamas, eu recomendo um check up geral, como por ex., exames de sangue e de imagem. Procure um veterinário de confiança e converse sobre td isso.
Boa sorte.
Daniel Lima

Anônimo disse...

BOA TARDE DR. DANIEL:
A MINHA VIZINHA, ESTÁ COM UMA CACHORRA COM NEOPLASIA NA REGIÃO DO PESCOÇO,ELA TEM QUE SER OPERADA O MAIS BREVE POSSIVEL. INFELIZMENTE,A MESMA NÃO POSSUI RECURSOS P/A CIRURGIA POIS FOI COBRADO 500 NA FAC. ANHEMBI MORUMBI, COMO DEPENDE DE AJUDA DE VIZINHO O QUE DEVO FAZER?

Daniel Lima disse...

Boa tarde, em relação à cachorra da sua vizinha com tumor no pescoço, realmente é uma situação delicada, mas o tumor deve ser retirado sim e encaminhado para análise.
Eu recomendaria procurar o hospital veterinário da USP, pois normalmente é o que apresenta melhores preços para pessoas sem condições financeiras.
Vamos nos falando e boa sorte.
Daniel Lima

Anônimo disse...

olá dr. Daniel meu nome é Margarete e tenho um cão da raça shi tzu e tem 6 anos e 5 meses, ele tem um problema na próstata e também tem varis cistos pelo corpo, ainda são pequenos, ele toma o medicamento chamado ipozam de 6 em 6 meses, mas a médica dele me aconselhou a fazer uma cirurgia a castração, pois elqa diz que ele vai ficar bom, tenho muito receio em relacão a cirurgia o que o sr pode me dizer sobre a cirurgia devo mesmo fazer, obg pela sua atenção...

Daniel Lima disse...

Oi Margarete, a cirurgia de castração tende a ajudar alguns problemas em próstata, portanto eu acho uma tentativa válida.
Essa cirurgia é bem tranquila, o importante é utilizar uma anestesia segura para ele.
Boa sorte.
Daniel Lima

Priscila disse...

Olá Dr. Daniel. Tenho uma cachorrinha de 13 anos e meio e há alguns dias detectei um ferimento em um nódulo na sua mama. Levei ela no veterinário e após fzer o raio-x me aconselhou a cirurgia. Estou com mto medo dos riscos, gostaria de sber se vale a pena a cirurgia, e qual o maior risco que ela vai enfrentar na intervenção cirurgica?
Desde já agradeço.

jacqueline disse...

Dr.Daniel,minha cachorrinha poodle esta com 10 anos,tem vários cistos bem pequenos nas mamas,algumas mamas chegam a ter até dois,três cistos, ñ me disseram se é um câncer,os veterinários aconselharam a tirar todos e castrar,mas acredito que depois de vc mexer,e se realmente for um câncer, pode piorar,e ela pode sofrer muito,pois ela esta bem, e ñ sente nada aparentemente,prefiro fazer a cirurgia de catarata que ela esta precisando ao invés de sacrifica-la com a cirurgia de retirada dos cistos e até mesmo as vezes com quimioterapías,oq o senhor acha?

Daniel Lima disse...

Oi Priscila, recomendo a cirurgia sim; os riscos anestésicos são bastante diminuidos com exames de check up pré-cirúrgicos e anestesia inalatória de qualidade.
Boa sorte.
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Oi Jacqueline, a cirurgia das mamas deve ser feita e a análise dos tumores tb, pois só assim saberemos se é câncer ou não - ela é muito mais importante do que a cirurgia de catarata, pois a catarata não coloca em risco a vida do animal como o câncer de mama, que se ficar pode desenvolver matástases.
Daniel Lima

Mara disse...

Olá Dr. Daniel

A minha gatinha de 12 anos foi operada de tumores na mama, retirou-se uma cadeia, Isso ocorreu em l7 de novembro. Mas a minha vet disse que so poderemos fazer a outra cirurgia pra retirada da outra cadeia daqui a tres meses, pois há muitos pontos internos ainda a cicatrizar e nao poderia estar puxando a pele agora. Mas não é muito tempo de espera? O que o Sr. acha?
Obrigado mais uma vez pela atenção
Mara

Daniel Lima disse...

Oi Mara, eu concordo com ela, pois normalmente eu tb espero de 2 a 3 meses.
Daniel Lima

Mara disse...

Olá Dr. Daniel

Tenho pedido muito sua orientação aqui neste blog maravilhoso, e gostaria muito que minha gatinha tivesse sido atendida pelo Sr. O que ocorreu é que ela foi operada de uma cadeia mamaria no final de novembro e iria fazer a outra depois, apos sua recuperação. acontece Dr. que tdo correu maravilhamente bem, exames, raio x, tdo perfeito e ela com uma saude otima, pois era muito bem tratada em todos os aspectos. Teve um pos operatorio que ate surpreendeu os Vts, nunca usou colar, nao subiu em nada e fez repouso absoluto por mais de 10 dias sem nenhum esforço da minha parte, se alimentava normalmente. Mas como ela já estava bem , entao marcamos o retorno para os exames para o dia 04/01/11, isso foi antes de começar a aparecer uns sintomas nela, que ela nunca havia sentido, cansaço, respiração comprimida, e isso foi se agravando, Levei ela no retorno, mas como ela estava tomando cefalexina para controlar uma pequena infecção dos tumores da outra cadeia que havia crescido um pouco e já sendo uma gata de uns 13 anos, a vet desconfiva de um problema renal que afetou o seu pulmão, mas ela já havia me pedido outro raio x e eu ia fazer hj. Estava esperando normalizar seu estado de estress. Bem, ela foi piorando com pequenas melhoras pelos medicamentos paliativos que ela estava tomando, como o raio x dela era recente, fomos fazendo inclusive ate tratamento p/ verminose, pois já havia emagrecido quase l kg desde a sua cirurgia, hj qdo ela teve uma crise muito complicada sua temperatura chegou a 34, mas ela conseguiu reverter para 37 depois de quase 3 hrs, ela fez um novo exame de sangue e deu td normal. Entao ela decidiu aguardar o raio x, pra ver o que estava ocorrendo no pulmão dela, inclusive se fosse complicação dos tumores ou outra doença viral. E infelizmente ela veio a obito hj no caminho e nem fizemos o raio x. Eles queriam fazer autopsia mas eu não conseti. Dr. a minha duvida é porque antes de sua morte não apresentou nada no exame de sangue, creio que tdo fica desregulado nesta hora, mas estava td normal. Seria uma metastase de pulmao, assim tao rapido. Desculpe o meu desabafo, mas estou muito triste com isso.
Um abraço
Mara

Daniel Lima disse...

Oi Mara, eu sinto muito por ela.
Infelizmente me parece metástase pulmonar sim, por todo esse quadro que vc conta.
Vc fez td que podia; nessas horas não temos muito o que fazer, apenas tentar deixá-los bem até o finalzinho.
Abs,
Daniel Lima

Camille e Marcelo disse...

Olá doutor, minha cadelinha tem 13 anos e meio e é cardiopata e obesa. Desde pequena ela apresentava um quisto sebáceo que a um ano atras "estourou" e foi retirado pelo veterinário. Acontece que hoje notei abaixo da costela no lado direito dela uma espécie de glândula. O que pode ser isso? Só tenho condições de levar ela ao veterinário em março. Posso esperar até lá?

Muito Obrigada desde já.

Daniel Lima disse...

Oi Camile e Marcelo,
Infelizmente não tenho como saber o que é, mas assim que puder leve-a ao veterinário.
Daniel Lima

Giane Schmaedecke disse...

Veterinário Daniel, cheguei agora demeu veterinario e tive a noticia mais triste que poderia ter em relaçao a minha cocker.Ela tem 12 anos, fez no dia 8/01/10 uma cirurgia o tirar um tumor maligno de uma mama e já foi castrada e retirado, junto a cadeia daquele lado das mamas...há uns dias começou a apresentar uma tosse tipo engasgo, seca e ai a levei no vet e ele receitou um xarope mucomucil e o antibiotico flotril -enroflacino por 10 dias e hoje fizemos raixo x e deu metastase do pulmão, de acordo com o veterinario, to super triste, só choro e nao sei que fazer....ele deu um suplemente liquido para dar 2x ao dia para melhorar a imunidade dela mas disse que tem 6 meses de vida,,,será isto?se descobre metastase do pulmão e o bichinho se vai assim?por favor me auxilie em algo, estou muito chateada e sem saber que fazer, pois febre de 40 graus há 4 dias, dando paracetamol e dipirona intercalada e os medicamentos antes receitados mas nao sei o que esperar disso, já que ele disse que nao pode me ajudar em mais como veterinário, já que é um caso de metástase.obrigada

Daniel Lima disse...

Oi Giane, metástase pulmonar é bem grave mesmo e, infelizmente, não tem muito o que fazer; os medicamentos são para oferecer qualidade de vida.
Agora tempo de vida não temos como estimar, varia de animal para animal.
Já tive paciente que viveu mais de ano e outros que morreram em 1 mês.
Faça o melhor que puder para ela estar bem e não fique pensando nisso todos os dias.
Abs,
Daniel Lima

Yohannes disse...

Olá Dr.Daniel, adotei uma cadela srd e gostaria de realizar uma castração, ela parece ter entre 7 e 8 anos de idade e perto da minha casa tem uma ong que faz a castração sem prescisar dos exames, por ser uma cadela idosa, gostaria de saber se é muito arriscado fazer a cirurgia sem os exames.
Abs
Yohannes

Daniel Lima disse...

Oi Yohannes, normalmente vai td bem, porém alguns animais podem ter alguma alteração fisiológica e aparentemente estarem bem, não apresentando sinais de doença, daí é a importância dos exames, que nos preparam melhor para realizar uma anestesia mais segura. Ok?
Daniel Lima

andreia_greco disse...

Olá Dr. Daniel, tenho um poodle de 10 anos e ultimamente, quando fica sozinho em casa tem latido muito. Falamos com o veterinário que nos sugeriu a castração como forma de amenizar este comportamento. Gostaria de uma opinião sua a respeito.

Grata

Andreia

Daniel Lima disse...

Oi Andreia, na minha opinião a castração nessa idade não interfere no comportamento do cão, mas claro que temos exceções, portantanto seria apenas uma tentativa.
Alguns cães idosos se tornam mais ansiosos e vão envelhecendo, claro, podendo ficar com esses comportamentos.
Daniel Lima

Eva disse...

Olá Dr.Daniel, tenho uma cocker spaniel de 13 anos que foi diagnosticada com piometra cerca de três meses , foi feita uma terapia com antibióticos e estimulador uterino, houve uma melhora significativa , o veterinário pediu que eu esperasse o próximo cio para resolvermos a cirurgia. A quatro dias noto que seu apetite diminui e ela voltou a ingerir grande quantidade de água.Gostaria de saber quais os riscos de uma cirurgia de castração, visto que além da idade e a piometra , ela também tem alterações no fígado, visícula biliar,rins com severa perda de definição córtico-medular....enfim temo pela cirurgia e acho até que o veterinário também está receoso.Gostaria de saber, quais as chances da minha querida amiga.Já agradecendo.

Daniel Lima disse...

Oi Eva, realmente existem riscos na anestesia dela, mas por outro lado não temos como curar uma piometra sem cirurgia, infelizmente. No próximo cio ou até antes, a infecção pode voltar com tudo e ser muito mais grave. Portanto a cirurgia é de eleição, mas claro que é uma decisão de vcs e do veterinário dela.
Eu recomendo fazer todos os exames pré-operatórios e procurar um veterinário anestesista que possa fazer o melhor por ela - td isso diminui bastante os riscos.
Ok?
Boa sorte e vamos nos falando.
Daniel Lima

Ale disse...

Meu Cachorro tem 13 anos,Huscky irá fazer 14 em março de 2012, já foi operado 2x qdo tinha 11 anos (carcinoma no ânus) e castrado posteriormente, mas antes da cirurgia já tinha um caroço na pata dianteira direita bem acima e de 2 anos para cá cresceu,mas anda normalmente, no exame de sangue acusou cardiomegalia e anemia e no raio x acusou artrose e bico de papagaio, não sei se é maligno ou benigno, vc me aconselharia a operar ou devo deixar como está, para não perder meu grande e fiel amigo, recentemente havía dado uma paralisia nele e rezei muito para que ficasse bom, pois ao levar no vet. para curá-lo de otite, meu cachorro voltou sem se levantar e ficou por 06 dias , urinando e defecando no mesmo lugar, levei meu cachorro andando para clínica e depois de bezetacil e tranquilizante injetáveis, seu quadro piorou e graças a Deus ele voltou a andar por milagre, o vet. injetou dexacitoneurim e tramal depois, mas perdí a confiança nele. o que me aconselharia?

Daniel Lima disse...

Oi Ale, seu cão já é idoso e os problemas vão aparecendo.
Pelo que percebi, o veterinário agiu corretamente todas as vezes e não teve nada a ver com a 'paralisação' dele, foi plena coincidência.
Mas se não confia mais nele, recomendo procurar outra opinião, mas de um profissional indicado por alguém de confiança. Ok?
Daniel Lima

Ale disse...

Dr. Daniel, vc. me aconselharia a operar, mesmo já sendo idoso?

Não sei se é maligno ou benigno, tenho como saber, não sangra, mas cresceu de tamanho, deve ser cancro?

Ale disse...

Dr. Daniel,vc. me aconselharia a operar, mesmo sendo idoso, 14 anos?

Não sangra, de 2 anos p/ cá cresceu de tamanho, não se identificar se é maligno ou benigno, pode ser cancro?

O q. no meu lugar faria?

Ale

Ale disse...

Dr. Daniel,

O caroço era do tamanho de uma ameixa, agora está do tamanho de uma laranja(tem 02 anos q. está com esse caroço), exatamente o tempo das três últimas cirurgias de carcinoma no ânus(02 de carcinoma) e castração.

O que devo fazer??

Emanuel disse...

Bom dia doutor Daniel , eu tenho uma cadela chow-chow de 12 anos que nunca procriou, não é castrada e tem problemas de ossos, tais como artrose, é uma cadela muito sossegada e está quase sempre a dormir. A veterinária diagnosticou uns nódulos pequenos ( apenas um tem o tamanho próximo de uma ervilha ) nas mamas, dois numa e um noutra, o que ela aconselhou foi fazer um raio-x aos pulmões para ver se no caso de ser um tumor maligno que se está a alastrar, fazer então uma operação para retirar os nódulos e fazer biopsia. O problema é que a cadela tem 12 anos e não está castrada, e para realizar a operação tem de ser castrada. A minha pergunta é se acham que devo castrar com esta idade, sendo que está nos últimos anos de vida (segundo dados da esperança média de vida desta raça) e proceder com a operação ou então esperar para ver a evolução destes nódulos, será que ela aguenta a anestesia?

Daniel Lima disse...

Ale, os riscos de anestesia na idade dele são grandes, portanto converse com seu veterinário para fazer uma citologia e tentar descobrir qual tumor é, para depois decidirem o que fazer. Ok?
Daniel Lima

Daniel Lima disse...

Oi Emanuel, realmente existem riscos de anestesia nessa idade, mas com exames pré operatórios e uma anestesia de qualidade os riscos diminuem bastante.
O correto é castrar e retirar as mamas, mas não tome decisões precipitadas, converse bastante antes com seu veterinário de confiança. Ok?
Daniel Lima

Ale disse...

Além disso tudo, ele tem uma otite que não cura, já foi p/ aquele mesmo vet, foi raspado os cabelos da orelha(ele tem esse problema em apenas uma orelha), já usou otoguard, natalene, crema 6a, panolog, tiuram, aqua-pet, ephiotic, soro fisiológico, amoxilina, solução da granado (livre de ácido láctico)para limpeza, lenço umedecido e não fica totalmente curado. Antes fazía um barulho dentro do ouvido, como se estivesse cheio de água, crec, crec, no interior do ouvido teve uma pequena melhora, não sai mais sujeira de dentro, mas do lado de fora da orelha, agora é como um corrimento na orelha(na parte externa), que todos os dias sai, limpo, limpo e sai sempre, além do caroço da pata. Me oriente, pelo amor de Deus, o que devo fazer??? O que pode ser?(já foi tratado como otite, sarna, ele nem vai a rua, pintei o lugar onde fica, pois falaram que poderia ser ácaro, limpo com álcool o lugar que fica, já utilizei mata-bicheira no corpo, pois poderia ser parasita, cheguei a visualizar alguns que caíam, dei banho com life-buoy, não sei mais o que fazer, me ajuda!

Daniel Lima disse...

Ale, não posso ajudar sem examinar o animal - podem ser muitas coisas.
Recomendo procurar outra opinião médica. Ok?
Daniel Lima